Alunos do SESI desenvolvem prótese para cão com paralisia.

O cachorrinho Assis, receberá uma cadeira de rodas especial e sob medida, desenvolvida por alunos da escola SESI Taubaté e SESI Pindamonhangaba.

18/12/202011:02- atualizado às 11:10 em 18/12/2020

Em parceria com o Fab Lab, o laboratório Maker da unidade, os alunos do SESI foram até o abrigo que acolheu o cãozinho Assis, o Pet Hotel Ipê 1, em Pindamonhangaba. No local, acompanhados pela Veterinária Dal Piero, eles fizeram as medições para desenvolver o projeto.

O cachorrinho Assis foi atropelado e perdeu os movimentos das patas traseiras. Ele se locomove com dificuldades e a “cadeirinha” poderá ajudá-lo no dia-a-dia.

 

A visita foi guiada e seguiu todos os protocolos de saúde e segurança contra o Covid-19.

Confira o vídeo com o registro desse dia:

https://www.facebook.com/sesitaubate/videos/3669497563114611

Em todas as unidades do estado, temos o programa MEU CÃO NO SESI, que tem como proposta a promoção da qualidade de vida, o direcionamento pedagógico e o estímulo ao espírito de solidariedade, que são inerentes à atividade do SESI – SP.

Mas é importante lembrar que não recebemos animais abandonados de maneira geral, mas o SESI escolheu para seu “quadro” cães que estavam sem lar. Os pets ganham nomes e estão sob o cuidado de um grupo de pessoas, funcionários dos Centros de Atividades, das escolas e de seus alunos, que zelam pela segurança e saúde desses animais de estimação e sua socialização. A unidade possui a documentação dos cães, como a carteira de vacinas.

A interação com os animais já vem sendo utilizada como proposta pedagógica, pois influenciam em aspectos importantes como:

  • melhora da autoestima
  • maior convívio social
  • senso de responsabilidade
  • empatia
  • inclusão
  • respeito e cuidado
  • cidadania e responsabilidade social 

O projeto está quase pronto e você pode conferir as imagens de como ele está ficando:

 

Leia também